quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Perseguição contra igrejas evangélicas no Brasil?!?! Igrejas estão sendo fechadas sem maiores explicações:

Pastor Silas Malafaia afirma que cristãos podem ser oprimidos, mas não possuídos: “Onde o Espírito de Deus habita o inimigo não pode entrar”

O ambiente sobrenatural é um assunto ligado à espiritualidade muito comentado nas igrejas pentecostais. Como o assunto é vasto e não há unanimidade entre teólogos, muitas dúvidas a respeito da ação de demônios surgem entre os fiéis.
O pastor Silas Malafaia publicou artigo falando sobre as questões envolvendo opressão e possessão demoníaca, ambas narradas no Novo Testamento.
Malafaia observa em seu texto que para “roubar, matar e destruir”, satanás “utiliza, entre outras estratégias, a opressão e possessão”. O pastor explica a diferença entre as duas situações dizendo que “opressão é a influência direta de demônios sobre as pessoas” e possessão “é a presença de um ou mais demônios no corpo de uma pessoa”.
De acordo com o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), a opressão é uma ação demoníaca que se desenvolve nos mais variados ambientes, tentando conduzir o oprimido ao erro.
“As forças malignas invadem um lugar e começam a exercer pressão sobre as pessoas, enfraquecendo a resistência moral e espiritual. O ambiente parece ‘pesado’. Se as pessoas não estiverem armadas nos caminhos do Senhor e atentas às investidas do inimigo, poderão ser levadas à preguiça, ao desânimo, às incertezas, à desobediência, à exaustão física e até à depressão. Para isso, os demônios procuram os pontos mais vulneráveis e investem o máximo até encontrarem uma brecha para destruir a pessoa ou seu lar. Qualquer um está suscetível à opressão maligna, inclusive os cristãos. Outro meio de oprimir as pessoas é tentar levá-las à mentira, a práticas ilícitas, à obsessão por dinheiro, à idolatria, e causar enfermidades”, escreveu Malafaia.
Quanto à opressão, o pastor cita passagens bíblicas para ilustrar a questão: “Embora não tenhamos certeza da razão pela qual acontece a possessão demoníaca, sabemos que os espíritos malignos podem prejudicar a pessoa e fazer com que ela se afaste de Deus. Um exemplo bíblico conhecido é o gadareno endemoninhado, que dia e noite andava clamando pelos montes e pelos sepulcros e ferindo-se com pedras (Marcos 5.5). Então, quando os demônios não só oprimem a pessoa, mas passam a controlá-la, existe um caso de possessão [veja outros casos em Mateus 9.32,33; 12.22; Marcos 9.17-27]”.
Em sua conclusão, Malafaia alerta que cristãos também estão suscetíveis à opressão, apesar de a possessão ser um risco apenas aos não convertidos: “Resumidamente, qualquer pessoa pode ser oprimida pelo diabo, mas só os que não são templo do Espírito Santo podem ser possuídos. Afinal, onde o Espírito de Deus habita o inimigo não pode entrar. Por isso, aquele que está firme nos caminhos do Senhor não corre o risco de ser possuído”, finaliza o pastor.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+