quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Presidente do Irã se encontra com liderança católica e afirma que o Islã e o Cristianismo precisam “hoje, mais do que nunca, dialogar”

O presidente iraniano Hassan Rouhani se encontrou recentemente com o novo núncio apostólico no Irã, S. Dom Leo Boccardi, e afirmou que espera criar uma aliança entre o Irã e a Santa Sé com o objetivo de lutarem juntos contra “problemas que sacodem a humanidade”.
De acordo com a agência de noticias católica Fides, a reunião ente o líder católico e o presidente o Irã teve como objetivo relançar o diálogo entre os islâmicos e os cristãos, e Rouhani ressaltou ainda que, segundo com a doutrina de suas respectivas religiões, o Vaticano e o Irã têm “inimigos comuns” como o terrorismo e o extremismo, e ‘objetivos semelhantes’, como derrotar a injustiça e a pobreza no mundo.
O líder iraniano publicou uma foto da reunião através do Twitter, junto a uma mensagem na qual afirma que “o islã e o cristianismo, precisam dialogar hoje mais do que nunca, porque a base do conflito entre as religiões se encontra na ignorância e na falta de compreensão das culturas”.
Ao comentar o diálogo inter-religioso, Mohammad Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores iraniano, afirmou que por causa da grande presença de grupos extremistas no país “a situação das minorias religiosas na Síria, como os cristãos, são motivo de preocupação para nós”.
Dom Leo Boccardi também falou sobre a reabertura do diálogo proposta pelo presidente iraniano falando sobre seu desejo de “fortalecer as relações bilaterais entre a Santa Sé e a República Islâmica”, na esperança de que possam trabalhar juntos para resolver as crises regionais do Oriente Médio, em especial na Síria.
Por Dan Martins, para o Gospel+